Notícia

Carnaval é cancelado em 29 cidades do Espírito Santo

Com a paralisação dos PMs, municípios dizem que não têm como garantir a segurança

Quando o medo e a insegurança tomam conta, não há espaço para festas no calendário. É isso o que provam 29 prefeituras do Espírito Santo, que desistiram de realizar suas programações de Carnaval para não expor moradores e turistas a riscos. Os cancelamentos têm sido feitos em função da greve de policiais militares, que chega ao seu 18º dia nesta terça-feira (21).

Nada de blocos, desfiles pelas ruas ou shows em trios elétricos. Até nos municípios tradicionalmente conhecidos por suas atrações nesta época do ano, tais como Piúma, Muqui e Santa Leopoldina, a alegria dos foliões será muito mais silenciosa. Como não se sabe quando o efetivo total de PMs voltará às ruas, o número de desistências não para de crescer.

Carnaval de blocos em Anchieta: cidade é uma das que resolveu cancelar a folia por falta de segurança
Carnaval de blocos em Anchieta: cidade é uma das que resolveu cancelar a folia por falta de segurança
Foto: Edson Chagas GZ

Um exemplo é Aracruz, no Norte do Estado. O prefeito Jones Cavaglieri anunciou o cancelamento do carnaval no fim da tarde desta segunda-feira (21). A programação já estava pronta. “Buscamos com a polícia a possibilidade de ter a segurança reforçada nas praias, mas a informação é que, em função da paralisação não ter sido resolvida, não há homens suficientes para mandar pra cá. Pelo fato de outras cidades também decidirem cancelar o carnaval imaginamos que poderíamos receber uma população muito maior que a normal e correr o risco de uma possível confusão”, explicou.

Mesmo cidades que decidiram manter as festas ao longo do feriado, adequações tiveram que ser feitas. Em Vitória, as matinês carnavalescas, que aconteceriam também em São Pedro e Goiabeiras serão concentradas no Parque Moscoso, nos dias 25 e 26. Segundo o secretário de Segurança da Capital, Fronzio Calheira, por ser um local fechado, a própria Guarda Municipal é capaz de realizar a segurança.

:: Vitória não vai autorizar blocos de rua

Já em Marataízes, os shows deverão ser encerrados até as 22h e os blocos que usarem trio ficarão parados. Além disso, as barracas de bebidas estão proibidas de vender garrafas de vidro, bebidas alcoólicas após as 22h e colocar som em qualquer horário.

Importantes balneários, como Vila Velha, São Mateus e Conceição da Barra ainda não definiram se haverá ou não programação.

PROGRAMAÇAO DE CARNAVAL

 Cidades com carnaval cancelado 

Afonso Cláudio

Alegre

Alfredo Chaves

Anchieta

Apiacá

Aracruz

Bom Jesus do Norte

Cachoeiro de Itapemirim

Castelo

Colatina

Divino de São Lourenço

Domingos Martins,

Guaçuí

Ibatiba

Iconha

Irupi

Itapemirim

Mimoso do Sul

Muniz Freire

Muqui

Piúma

Presidente Kennedy

Rio Novo do Sul

Santa Leopoldina

Santa Teresa

São José do Calçado

Vargem Alta

Viana

Itarana

 Carnaval confirmado 

Vitória - A programação do Carnaval de Vitória 2017 será realizada no Parque Moscoso, com as Matinês Carnavalescas que seriam realizadas em São Pedro e Goiabeiras. O evento estará concentrado no Parque por oferecer mais segurança e acontecerá no sábado (25) e domingo (26), de 9 às 13 horas.

Serra - Seis blocos cancelaram os desfiles e cinco adiaram. Outros 13 desfilarão.

Guarapari - Oito blocos e quatro escolas de samba desfilarão pela Avenida Joaquim da Silva Lima, no Centro ao longo dos três dias de carnaval. Já no sábado, 25, a festa tem início com o famoso Bloco das Misses, a partir das 20h, seguido dos blocos Olaria 2000, Sururu, Funil e Papadéfus.

Linhares - Programação de carnaval confirmada nos três balneários. A segurança será feita pela Guarda Civil Municipal com ajuda da Polícia Militar, mas o efetivo que irá atuar ainda não está definido. Em Pontal do Ipiranga, haverá shows em trio elétrico e no palco entre sexta-feira (24) e terça-feira (28). A programação prevê, ainda, desfile Garota e Garoto verão 2017, desfile de fantasias e aeróbica. Já em Povoação e Regência, haverá apresentações de blocos carnavalescos e atrações musicais no palco.

Marataízes - Desfiles de blocos e shows na praia Central, que começam na sexta-feira e vão até a terça-feira da semana seguinte.

Venda Nova do Imigrante - o bloco Unidos da Bicuíba, que sai há mais de 15 anos, preparara dois dias de diversão para as famílias. A programação também conta com marchinhas, mini trio elétrico e até as tradicionais fantasias

Conceição do Castelo - A programação de sábado à terça-feira inclui blocos, matinês e shows

Jerônimo Monteiro 

Dores do Rio Preto - Bandas, matinês e vários desfiles de blocos prometem animar os foliões de sexta até a terça-feira

Atílio Vivácqua - A programação inclui bandas de marchinhas, desfiles de blocos e matinês

 Ainda sem definição 

São Mateus - Por falta de dinheiro no caixa da prefeitura, a realização do carnaval está sob responsabilidade da Associação de Bartenders, Artesãos e Vendedores Ambulantes Mateenses (Abavam). A associação disse que a programação está pronta mas não foi divulgada. A prefeitura afirma que ainda não há contingente policial confirmado para o carnaval. Nesta terça-feira (21) haverá uma reunião para decidir se haverá ou não a festa no município.

Conceição da Barra - A programação está definida, mas ainda não foi divulgada. Devido à insegurança, uma reunião será realizada nesta terça-feira (21) para definir se haverá carnaval ou não.

Vila Velha - A prefeitura não confirma a realização de programação própria de carnaval devido à instabilidade na segurança. Quanto aos blocos de rua, os pedidos de circulação são analisados por uma comissão especial da SEMCEL. Os organizadores devem apresentar carta de ciência da Associação de Moradores do bairro, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com a Polícia Militar, entre outras exigências legais. Ainda não há confirmação de blocos de rua disponível.

Iúna

Ibitirama

Brejetuba